Voltamos: Tríplice Fronteira - Brasil/ Paraguai/ Argentina

Estou desde 2016 sem postar, quem me acompanha sabe o malabarismo que é ter filhos aos 27 anos em um mundo moderno e globalizado que induz as pessoas terem filhos depois dos 35 anos.

Nesse meio tempo não deixei de postar nas redes sociais, fiquei sem postar no blog por estar consumida com o que foi a prestação de serviços para um grande banco, desafio que amei, com o trabalho extra de fotografia para famílias e em 2018 em trabalhar pegando muito trânsito no deslocamento casa-trabalho.

Com tantas reviravoltas no nosso país desde 2014, já tive vontade de emigrar, mas desistimos, porém a vontade de viajar não cessa, nós adoramos, quem nos acompanha sabe que sempre estamos passeando pelo Brasil, finalizamos 2018 colocando o pezinho fora, na tríplice fronteira: Brasil - Paraguai - Argentina.

Simplesmente amamos essa viagem, incluindo passeio de compras no Paraguai, me senti uma "maiameira", achando ruim o dólar alto e tudo mais kkkk

Fomos para Foz do Iguaçu partindo de São Paulo de carro, são 12 horas de viagem, Rafa e meu sogro revezeram na direção. Foi muito bom.

Vou fazer uma série de posts, começando pelo Marco da Tríplice Fronteira que é um parque do lado do Brasil, muito gostoso para passar o final de tarde, diferente de São Paulo, Rio de Janeiro e até Fortaleza, não havia agloremerado de pessoas, dava relaxar ao som de uma musiquinha ao vivo e também teve uma apresentação cultaral com as aspectos paraguaios, brasileiros e argentinos, dando a entender que na verdade todos somos índios, adoro!



















Nenhum comentário: