Por que acho importante fotografar o bebê mês-a-mês

Não se engane, não é apenas a fotografia que se faz quando paramos para fotografar o nosso bebê no mês-a-mês. É uma reflexão, é um momento que paramos e observamos o quanto nosso bebê está crescendo.

Você não precisa necessariamente contratar um fotógrafo, se você puder é o máximo, mas se não der, faça com seu celular, sua câmera caseira, os brinquedos do seu filho, mas registre, se der, escreva, em um post no facebook, no instagram ou num guardanapo de papel. Reflita sobre cada evolução do seu filho, da sua família e de você pai ou mãe que a cada dia vira uma nova pessoa.

Os mesversários também podem ser legais, mas a fotografia, a poesia e o encantamento de ter esses registros mensais vão além, são transformadores.

Intuitivamente eu fiz o registro do Ravel, você pode relembrar aqui , depois que tive filho percebi que esse tipo de fotografia está super na moda, acontece sim de ter mês que a gente esquece ou lembra, mas não consegue mais parar, geralmente mais próximo ao 1 ano. Pela minha experiência os 9, 10, 11 meses somos o que acabamos sendo displicentes, aconteceu comigo tanto na Clara como no Ravel, porém, você pode salvar em seus registros das atividades daquele mês, um aniversário, casamento, café da tarde que você fotografou.

Talvez por isso seja tão bacana os ensaios pré festas de 1 ano.

Se você mora em São Paulo pode falar comigo sobre ensaios família e bebês, hoje cobro R$200,00 para uma entrega de aproxidamente 200 fotos tratadas em formato digital.

Se você mora em Fortaleza em breve vou abrir uma agenda para os meus conterrâneos. srsrsr

Mas, como ressaltei, não precisa ser profissional, façam dos seus filhos, até mesmo dos que não são mais bebês, tire momentos para fotografar sua família.

Deem uma olhada em uma compilação que fiz das fotos da Clara até 10 meses:


Primeiro mês, esse é o momento ideal para fazermos as fotos newborn, que devem ser produzidas antes do bebê completar 20 dias, lamento não ter estudado newborn antes dos meus filhos, mas tenhos fotos deles legais no primeiro mês. No momento estou estudando as técnicas newborn, em breve publicarei os últimos ensaios que fiz dessa fase dos bebês.



Segundo mês


Terceiro mês, é aqui que o bebê já é mais iterativo e o alívio geralmente chega para as famílias


Quarto mês, a Clara já era enorme


Quinto mês, uma foto que gosto, são os registros nesses tapetes de atividades, ou qualquer coisa que envolva o número daquele mês específico


Como comentei, nem sempre conseguimos parar, mas quando a Clara tinha seis meses fomos a um casamento e aproveitei para registrar com mais cuidado esse momento.


Com 7 meses fomos a um aniversário, foi nesse evento que fiz o registro do sétimo mês


No oitavo mês fiz o registro detalhado em casa


Fomos no Parque de Barueri na semana que ela completou 9 meses, adoro fotos em parques e acho mais bacana a partir do momento que o bebê senta com estabilidade.


Com 10 meses foi o mês das festas juninas. Você pode fazer com o tema do momento também, tipo Natal, Carnaval, Páscoa.

Então é isso, espero ter despertado em vocês a vontade de registrar com carinho os momentos das nossas famílias, os nossos momentos, nada impede que uma pessoa solteira, com seus 20, 30 e poucos anos pare um dia e se registre, escreva sobre si mesmo e guarde essa recordação. Falem comigo sobre isso também.

Boa semana para todos!






Um comentário:

Alzi Santos disse...

Muito legal, registar o crescimento e as descobertas do bebê.