Mundaú: Para chamar de nosso!

Desde criança eu costumava dizer que o Mundaú-Ceará era a praia mais bonita do mundo para mim, ainda não conheci o Caribe e praias afins, mas já conheci algumas praias muito bonitas no Sudeste como Trindade, Copacabana, Ilhabela, e ainda sim, o Mundaú, aquela vilinha que minha avó materna nasceu, ainda é a melhor praia para mim.

O Mundaú tem épocas mais bonitas que outras, por exemplo de março a julho, no período chuvoso no Ceará, a praia não fica muito atrativa.

Mas, agora em dezembro, a praia estava linda. Passei apenas dois dias, porém, deu para amenizar a saudade! E o melhor, o Ravel pode conhecer um pouco desse local que a mamãe ama e brincar com as primas, avós e tios.



Observando o papai nadar, o Ravel voltou ainda mais apaixonado por água, agora até na banheira do banho ele fica tentando mergulhar.


Com os Vovôs Alves


Vovó Valdeísa, prima Sophia, tio Tiago, e a barriguinha do irmãozinho começa a aparecer


Traços de família


Realização de sonhos


Adultos conversando e pimpolhos se esbaldando na areia



Tia Leca e Sophis



Os pais de família



Vovôs caminhando pela praia


Fim de tarde e Ravel assustado com as ondas da maré alta


Júlia, prima mais velha


Descendentes da União Pinto Moreira



Júlia correndo ao encontro da mamãe Nangela, madrinha do Ravel.

2014 foi um ano de algum esforço, menos passeios, pois foi o ano que financiamos nosso lar, mas com momentos de folga e abstração dessa construção chamada família. Esses dois dias no Mundaú ficarão guardados com muito carinho nas memórias da nossa jornada.

Nenhum comentário: