Conhecendo SP: Campos do Jordão

Uma cidade de bacanas, como disse o Rafa! Essa é uma cidade que é difícil economizar, até porquê dá vontade é de fazer as coisas boas e bonitas mesmo! Vale a pena conhecer! Quem mora em SP pode fazer a tentativa que ir e voltar no mesmo dia, não é impossível! Toda cidade que tem umas construções arquitetônicas mais diferentes das tradicionais que vimos no Brasil encanta, e os imóveis Campos do Jordão é assim, com Curitiba também! Se eu tivesse muita grana e voltasse a morar no Ceará eu construiria uma casa nesse estilo, só pra embelezar e ser diferente!





O passeio Turístico pela Maria Fumaça sai R$15,00 por pessoa, pelo bonde sai R$10,0, esse é um passeio dispensável, pois a cidade é muito turística, tem muitos lugares pra conhecer, que paga entrada, em média R$15,00 por pessoa as entradas, e a rota que o bonde e a maria fumaça fazem se a pessoa ficar passeando pela cidade vai fazer a rota muitas vezes, mas caso a pessoa vá passar apenas um dia e não for a muitos lugares, o passeio de bonde compensa!



Apesar de turística a cidade é normal, supermercados, lojas de móveis, farmácias, posto de gasolina, pelo que o Rafa falou é o contrário de Gramado, que é apenas turística.










Bem me quer!





Passeio de Teleférico, fica vizinho ao passeio de bonde, sai R$15,00 por pessoa, é bacana e quase que indispensável se a pessoa não tiver pavor de altura.



Vista do Mirante após a subida do teleférico


ahahahahaha





Vida noturna mega agitada e onde mora o perigo dos preços, em média, sem bebida alcoolica a pessoa gasta R$50,00, as refeições na cidade são nessa faixa, uma dica pra economizar seria fazer lanches! Essa é a parte melhor para os solteiros, pois o centro da cidade ferve!



Há, 0°! Tá vendo aí? A Europa é logo ali!


Como em Curitiba a cidade é cheia de araucárias, só lembrei da amiga Neiara!


Há moleque!



Adorei essa foto! Foi uma das primeiras que tiramos, assim que vi a imagem falei: A viagem já valeu a pena!


Esse foi o primeiro dia, passamos dois! E o segundo foi melhor que o primeiro, então, aguardem! Vamos todos utilizar nas nossas vidas um ditado que a mãe nos passou?

"Que o dia de hoje seja melhor que o de ontem!" (Seicho no ie)

2 comentários:

Rafael Alves disse...

o problema realmente são os preços das comidas no centrinho, e o outro ponto negativo é que em vários lugares não aceitavam cartão (inclusive o restaurante na chegada do teleférico).

No mais foi bem legal a viagem :)

ciciliaartista disse...

Foi mesmo, a gente fica impressionado com os preços, mas valeu a pena! Next to agora né? eheheh