Conhecendo SP: Terraço Itália

Ela veio dizendo que fazia questão de ir no Terraço Itália, e nós fizemos sua vontade! Esse restaurante tem uma vista panorâmica linda, fica no 46º andar, logo a imagem que vemos do centro de São Paulo nos lembra aqueles filmes americanos de ação!


O ruim foi que estava chovendo e ficou delicado chegar no restaurante, mas fomos e tiramos fotos lindas! Sabe no caminho íamos conversando com o taxista, dos lugares que deixamos de ir, dos momentos que deixamos de viver e eu lembrei muito da música do Lulu Santos:

"E não há tempo que volte amor, vamos viver tudo que há pra viver! Vamos nos permitir!"

Conversávamos sobre isso porquê comentei com a mãe que muitos paulistas que conheço não foram no terraço Itália ou no Ibirapuera e é nesses momentos que lamento ter saído do Ceará sem ter ido a Jericoacara e Canoa Quebrada. Mas, aqui estamos conhecendo tudo que podemos e a paixão por Fotografia facilita isso, pois estamos sempre querendo tirar novas fotos e de novos lugares. Ainda não compramos o carro, mas temos nos divertido bastante, vivendo o que temos pra viver em SP!

Fotos da entrada do Terraço Itália:








O lugar é muito legal, mas não se engane, não comemos muito, nem bebemos muito, fomos mais pra conhecer e dessa vez pra mostrar a Mamy. Pedimos uma tábua de frios, duas limonadas e uma água de coco, o bom é que de cortesia eles dão uma porção de amendoim!

Fotos dentro do restaurante:











Depois desses passeios com a Mamy devemos economizar para realizar uma conquista automobilística, pois não aguentamos mais os assaltos dos taxistas e as caminhadas! Mas para isso precisamos nos programar, para que a conquista automobilística não vire uma prisão domiciliar por falta de grana, pobre é osso, ou é isso ou aquilo como dizia a poeta Cecília Meireles!

10 comentários:

Rafael Alves disse...

gostei do poema da Cecilia Meireles que eu não conhecia, a verdade eh que ninguém se conforma com nada kkkkkkk.

Lembrar de levar o tripé da próxima que a gente for lá =p.

O problema de lá realmente é o preço, mas vale a pena pelo menos conhecer.



PS: Bem... os amendoins... errrmmm, os amendoins... se a gente pensar um pouco até entende pq é servido logo amendoim de graça num ambiente daqueles, depois é matadouro certeza para uns 90% dos casais !!!! Pelo menos essa é minha reflexão about.

Wes disse...

wow... que chique!!!
acho que eu ia ficar mto sem jeito de entrar num lugar desses, a pobreza n sai de mim

sobre o carro, vcs nao tem ideia (ou talvez tenham) como eu torço pra que saia logo.. hahahahahahaha

Edna Nogueira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Edna Nogueira disse...

Nossa que povo fino! Adorei.
É sempre bom variar um pouco, né?
Essa vista é belíssima e a decoração do ambiente é lindo.
Parece ser bastante confortável.


Gente, sobre as fotografias, adorei. Percebi que algumas fotografias ficaram tremidas, mas isso pode ser resolvido com a ajuda de um tripé, ou qualquer apoio fixo.Neste caso como vocês não levaram o tripé e estavam num ambiente com a iluminação um pouco mais baixa, desta forma é preciso aumentar o ISO para que a luz possa ser captada sem que a imagem não corra o risco de ficar tremida.

Beijos.

Rafael Alves disse...

pois é Edna, fizemos isso, até deixamos no automático em alguns momentos para ver se estavamos fazendo besteira, mas mesmo assim com ISO 6400 :S a velocidade de abertura do obfuscador ainda ficava lento o bastante para ficar tremido.

Edna Nogueira disse...

Bom neste caso tem que conferir a aberura do obturador e a velocidade.. ou então usar o flash(coisa que eu detesto usar - mas que em algumas situações se torna necessário). Testem outras funções além do automático

Na próxima, levem o tripé. hahaha
Tenho que comprar o meu :(

Ps.: Geralmente uso um truque e creio que a maioria das pessoas tb fazem isso. Quando uma foto sai tremida eu tento disfarçar colocando-a no preto e branco (nao que todas as minhas fotos PB são tremidas - mas algumas estão, sim, tremidas). lol

ciciliaartista disse...

O problema do tripé é que o lugar é muito requintado e o tripe é meio bagulhento, srssrsrs, a gente tirou uma foto com flash, mas matou a cor total. O ideal aí seria realmente um apoio, o Rafa viu uma foto que o rapaz deixou 15 segundos de abertura, e a foto ficou divina!

Well a gente conversou sobre isso na mesa, sobre algumas pessoas que conhecemos nao se sentirem bem em lugares mais requintados, meus irmaos mais velhos por exemplo, iam odiar um lugar assim! Eu sempre tive vontade de ver uma imagem de um andar alto, com vários predios e tals. No geral dá pra se sentir bem no Terraço, até porque a luz é baixa e pouca gente nos ver! Mas vai de cada um mesmo!

A gente sabe sim o quanto vcs torcem pelo carro, afinal sao muitas andaças né? Só amigos como vocês topam andar o tanto que voces andam com a gente!

beijo!

Rafael Alves disse...

Pois é, no meu primeiro comentário eu falei do tripé mais zuando pq realmente não tem como levar o tripé hehehehe. Pior que configuramos no manual também, mas é naquela o lugar eh meia luz, e a luz q tem é sépia o resultado ainda assim não era dos melhores hehehe. No flickr depois fui procurar a configuração que o pessoal usa lá geralmente para tirar foto de pessoas e as que eu encontrei eram um pouco tremidas também, ou fotos cortadas pq provavelmente uma parte da foto não prestou, etc. Bom, mas se algum dia formos lá novamente vou tentar, tentar, tentar, e tentar, até conseguir uma configuração legal heheheh. Se tu encontrar alguma configuração boa aí para lá, manda aí, só assim mesmo para tentar melhorar a qualidade das fotos neh =p

Lucíola disse...

Oi Ciça, não imaginas, como estou feliz com a felicidade de vcs. Estava pensando em passar o Natal ai em Sampa, mas ontem ví o preço das passagens, e...... não vai dá.
Mas quando eu for ai quero que vc. me leve ao terraço Italia, pois ja fui n vezes ai em Sampa mas nunca fui, tb. acho que não vou saber me comportarkkkkkkkkkkkkkkk, mas vc. me ensina ok? Beijosssss minha adorada sobrinha

Wes disse...

Olha, eu ia adorar ter mais convidados no Natal. Pode vir, dona Luciola.